Constelar Home
menu
Um olhar brasileiro em Astrologia
 Edição 176 :: Fevereiro/2013

Busca temática:

Índices por autor:

| A - B | C - D | E - F |
| G - L
| M - Q | R - Z |

Explore por edição:

1998 - 2000 | 2001 - 2002
2003 - 2004 | 2005 - 2006
2007 - 2008 | 2009 - 2010
2011 - 2013 |

País & Mundo |
Cotidiano | Opine! |
Dicas & Eventos |

ASTROLOGIA URBANA

Santa Maria da Boca do Monte

Fernando Fernandes

De um momento para outro, uma cidade gaúcha tornou-se o lugar mais falado do Brasil. Mas qual a identidade astrológica de Santa Maria? Qual a verdadeira pulsação do "coração do Rio Grande do Sul"?

Santa Maria nasceu de um conflito. Em 1777, o Tratado de Santo Ildefonso, assinado entre Portugal e Espanha, dividiu o atual estado do Rio Grande do Sul em duas porções, deixando com os espanhóis o território mais extenso. A região onde hoje se ergue Santa Maria ficava exatamente na zona limítrofe entre os domínios rivais, e passou a ser objeto de uma acirrada disputa.

mapa histórico Santa Maria

Mapa histórico de Santa Maria, conforme artigo de José Antonio Brenner, no Portal Bei.

Segundo artigo de José Antonio Brenner, publicado no Portal Bei, que abriga diversos veículos de comunicação de Santa Maria, as origens da cidade remontam aos movimentos de tropas e de colonos em busca de uma posição segura num momento em que nova guerra com os espanhóis era considerada iminente.

O capitão Joaquim Félix da Fonseca comunicara ao comissário espanhol, em 18 de julho de 1797, que iria deixar o Povo de São João Baptista, descer a Serra de São Martinho e acampar junto à Guarda Portuguesa do Passo dos Ferreiros. É possível que ele tenha expedido tal comunicação quando já se encontrasse sob a proteção da citada guarda. De qualquer modo, em data ainda não conhecida, entre julho e dezembro de 1797, foram montadas as instalações para abrigar o numeroso grupo de pessoas. Eram oficiais e seus escravos, engenheiro, cirurgião, capelão, técnicos, artífices, carpinteiro, ferreiro, pedreiro, soldados, peões e índios. Vários integrantes estavam acompanhados de mulheres e filhos, somando, possivelmente, a um número próximo de duzentas pessoas.

Um bom ponto de partida para compreender o processo de formação de Santa Maria é, portanto, a data de 18 de julho de 1797, quando o capitão Joaquim Félix manifestou pública e formalmente sua intenção de instalar-se com um significativo número de colonos junto à Guarda Portuguesa (um acampamento militar), no local onde é hoje a sede do município.

Santa Maria 1797

O capitão Joaquim Félix informa a decisão de instalar-se em Santa Maria - 18.7.1797, sem horário (mapa calculado para 12h). Santa Maria, RS.

A carta solar (calculada para o meio-dia, sem utilização de casas) tem como traços marcantes a ausência de planetas no elemento Ar e o predomínio do elemento Água. A decisão do capitão Joaquim Félix não tinha por motivação apenas a busca de um abrigo provisório: o objetivo era o enraizamento, a fixação permanente de um núcleo humano que funcionava como uma espécie de microcosmo da sociedade colonial. Havia ali oficiais e soldados - muitos trazendo suas mulheres e crianças - artífices, engenheiros, lavradores, índios aculturados e escravos. Tudo isso tem a ver com o Sol em Câncer, um signo de família e também de proteção mútua. Santa Maria já nascia fortificada e disposta a resistir. Por outro lado, Marte no início de Leão, em conjunção aberta com o Sol do final de Câncer, fala da vocação do novo núcleo como um futuro centro (Leão) militar (Marte). Santa Maria nasce, desde o primeiro dia, como uma mescla de lar e quartel.

Essa impressão se reforça quando levantamos o mapa da lunação imediatamente anterior, ocorrida em 24 de junho de 1797, esta sim, com uma estrutura de casas confiável. O Ascendente é Libra e há um stellium em Câncer, com quatro planetas na casa 9 (a casa da cultura, dos imigrantes e das universidades - Santa Maria teria tudo isso nos dois séculos seguintes) e um planeta na casa 10 - Marte - em conjunção com o Meio do Céu e na condição de mais elevado da carta. A tradução, aqui, é literal: a vocação (Meio do Céu) daquele povoado seria transformar-se num núcleo militar (Marte) de grande importância logística para a defesa das fronteiras no sul do país (Marte rege a casa 7, dos inimigos e dos confrontos abertos).

Lunação de 24.6.1797, Santa Maria, RS

Lunação vigente na data da comunicação do capitão Joaquim Félix - 24.6.1797, 12h52 LMT - 053w48, 29s41.

Contudo, a data que a população local elegeu como marco definidor de sua identidade é a de 17 de maio de 1858, quando ocorreu a instalação do município, após Santa Maria obter sua emancipação de Cachoeira do Sul.

Neste novo mapa, o elemento Ar é parcamente representado (apenas um planeta, Vênus em Gêmeos) e não há absolutamente nada em Fogo. O elemento Água volta a aparecer com destaque (o Grande Trígono quase exato entre Marte, Saturno e Netuno), mas agora predomina a Terra, com um stellium de cinco planetas em Touro.

Santa Maria 1858

Instalação do município de Santa Maria - 17.5.1858, sem horário (calculado para 12h, LMT).

O que Touro, destacado nesta carta, tem em comum com Câncer, enfatizado na carta de 1797? Ambos são signos ligados à ideia de criar raízes, ambos preservam valores e ambos guardam relação direta com a produção de alimentos (a Lua rege Câncer e se exalta em Touro). Com a chegada de levas de imigrantes ao longo do século XIX, desenvolve-se em Santa Maria uma agricultura variada, de excelente produtividade, praticada em pequenas propriedades e minifúndios. A riqueza agrícola fortaleceu na área urbana o comércio e a pequena indústria, ao mesmo tempo em que despertava o interesse pelo máximo aproveitamento da terra. A vocação agrícola está na base da criação, em 14 de dezembro de 1960, da Universidade Federal de Santa Maria, cuja carta solar apresentamos abaixo:

UFSM, carta solar

Criação da Universidade de Santa Maria - 14.12.1960, sem horário (calculado para 12h -03:00).

O aspecto que mais chama a atenção é a oposição de Marte em Câncer a Júpiter-Saturno em Capricórnio. Observando outra vez os mapas anteriores, logo descobrimos que a carta solar do município de Santa Maria, em 1858, também apresenta uma oposição Marte-Júpiter, que, entre outros significados, fala de crescimento pelo trabalho duro e da compreensão teórica (Júpiter) das técnicas de produção de alimentos (Marte em Câncer). Marte, aliás, está muito próximo de sua posição naquela longíngua lunação de 1797, sob a qual o povoado surgiu.

A Universidade de Santa Maria sempre se notabilizou pelos cursos voltados para o agronegócio, como Agronomia, Veterinária, Gestão de Cooperativas etc. Neste sentido, a instituição apenas reverbera a vocação do município como celeiro regional e centro militar e tecnológico, visível de maneira especialmente notável no mapa da lunação vigente no momento da instalação do município:

Santa Maria Lunação 13.05.1858

Lunação vigente no momento da instalação do município de Santa Maria - 13.5.1858, 04h12 LMT - Santa Maria, RS - 053w48, 29s41.

Aí está Marte, regente do Ascendente, domiciliado em Escorpíão na casa 8 e oposto a um stellium em Touro na casa 2. Temos aí as duas forças que movem a cidade: os quartéis (Marte em Escorpião na 8) e o agronegócio (Touro na 2). O terceiro polo da vida municipal, representado pela presença da universidade, está mais do que anunciado na conjunção de Júpiter, regente da 9, a Sol e Lua.

O nome do planeta Júpiter traz em sua etimologia o mesmo radical que deu origem aos termos juventude, jovial e juvenil. Quando conectado a Marte, Júpiter remete à alegria e descontração da adolescência, inclusive em seus aspectos mais turbulentos. Como lembra a terapeuta floral Maristela Marques, residente na cidade, Santa Maria se diferencia de outros núcleos urbanos da região pampeana pelo dinamismo populacional - há sempre muita gente de fora, estudantes e militares chegando ou partindo - e por uma energia jovem e extrovertida difícil de encontrar em cidades próximas, como as sisudas Rosário, São Gabriel ou Cachoeira do Sul.

Rua do Acampamento

A Rua do Acampamento em foto histórica do acervo do webmaster do site
http://santamaria-rs-brasil.blogspot.com.br

Os traços marciais também estão em toda parte: nos diversos quartéis, no marco zero da cidade, que preserva o nome de Rua do Acampamento, e até mesmo nas oficinas de manutenção de blindados do exército, típica atividade marcial. De Marte também são os incêndios, como informa Maristela Marques:

Interessante lembrar, embora não saiba precisar a data, mas no outro lado da rua da boate Kiss existia um colégio de freiras, que também foi incendiado. O fogo começou em uma galeria de lojas e se alastrou para o colégio. Da estrutura que restou do prédio, fizeram o Carrefour.

Um último traço a destacar, e que pode ser associado tanto ao Marte em Leão do mapa de 1797 quanto à tensão Marte-Júpiter de 1858 (sem falar no stellium canceriano de 1797), é o fortíssimo espírito nativista que permeia o comportamento da população, chegando por vezes ao limite da soberba e da afirmação rude dos valores locais. Trata-se apenas de aparência, bem de acordo com o comportamento dos signos de Água, tão marcantes na definição da identidade santamariense: por fora, a casca grossa dos caranguejos e escorpiões; escondidos sob a carapaça protetora, a extrema afetividade e o amor pelo núcleo familiar.

Outros artigos de Fernando Fernandes.

Comente este artigo |Leia comentários de outros leitores



Atalhos de Constelar | Voltar à capa desta edição |

Fernando Fernandes - A polêmica do mapa de Lula | Nunca antes na história deste país... | Qual o Ascendente? |
Fernando Fernandes - Astrologia urbana | O incêndio da boate Kiss | Santa Maria da Boca do Monte |
Raul V. Martinez - Rio de Janeiro | Os quatro avisos de um temporal inesquecível | O método das reiterações |

Edições anteriores:

Fernando Fernandes - Presságios 2013 | EUA e China, Gigantes em perigo |
Celisa Beranger - Presságios 2013 | O mundo na mira de Urano e Plutão |
Dimitri Camiloto - Presságios 2013 | Boas notícias para o Brasil |
Vanessa Tuleski - Presságios 2013 | Crescendo com Júpiter |
Carlos Hollanda - Presságios 2013 | Não fuja, Urano, Saturno e Plutão vão achar você! |
Benedito Paccanaro - Pensamento Holístico | Assim na Terra como no Céu |
Fernando Fernandes - Brasil | Novos prefeitos, velhos problemas | Mapas de posse em cinco capitais |



Cadastre seu e-mail e receba em primeira mão os avisos de atualização do site!
2013, Terra do Juremá Comunicação Ltda. Direitos autorais protegidos.
Reprodução proibida sem autorização dos autores.
Constelar Home Mapas do Brasil Tambores de América Escola Astroletiva