Constelar Home
menu
Um olhar brasileiro em Astrologia
 Edição 84 :: Junho/2005 :: -

Busca temática:

Índices por autor:

| A - B | C - D | E - F |
| G - L
| M - Q | R - Z |

Explore por edição:

1998 - 2000 | 2001 - 2002
2003 - 2004 | 2005 - 2006
2007 - 2008 | 2009 - 2010
2011 - 2013 |

País & Mundo |
Cotidiano | Opine! |
Dicas & Eventos |

PERFIL ASTROLÓGICO

MST, o Céu dos Sem Terra

Raul V. Martinez

Constituído em 1984, o MST é hoje um dos protagonistas da história brasileira. Seu mapa, com Sol em Aquário e Lua em Virgem, lembra o do próprio país, que também tem ênfase nesses dois signos.

As origens do MST

  • no começo da década de 80, com apoio da Comissão Pastoral da Terra (CPT), da Igreja Católica, aumentaram as ocupações de terras pelo país.
  • em 1982 a CPT promoveu o primeiro encontro de âmbito nacional, em Goiânia, para trocas de experiências nas lutas do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, para ocupação de terras.
  • nos dias 20, 21 e 22 de janeiro de 1984, em Cascavel, no Paraná, houve o "Primeiro Encontro Nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra", quando ficou claro que a luta deveria ter âmbito mais amplo do que as lutas locais nos estados. Assim nascia o MST.

O MST nasceu com o Sol entrando em Aquário e com a Lua em Virgem; com Plutão, Marte e Saturno em Escorpião; Urano, Nodo Lunar Sul e Vênus em Sagitário e, finalmente, com Netuno junto de Júpiter, mais Mercúrio, os três em Capricórnio.

Trânsitos da manhã do segundo dia do encontro que criou o MST, em 21.1.84 (círculo externo), ativando o mapa da Independência do Brasil (círculo interno).

Plutão e Marte estavam sobre a posição de Marte na carta do Brasil (7.09.1822, 16:30 HL, 23S35, 046W36 - Ascendente 27.03 de Aquário), onde Marte rege a casa 3, ligada a "movimentos" (embora com outro sentido), e co-rege a casa 10, do poder. Marte na carta do Brasil está na casa 9 (associada à religião), em oposição a Saturno, em Touro (signo de Terra). Saturno regendo a casa 12, na casa 3, permite associações com questões agrárias do país, inclusive com as restrições feitas às formas de luta do MST. Netuno, Júpiter e Mercúrio estavam junto de Netuno e Urano da figura do Brasil - regentes de sua casa 1. A Lua esteve sobre o Sol do Brasil, em Virgem (outro signo de Terra), no início do segundo dia do Encontro de Cascavel.

Carta Especulativa do MST

Considerando:

  • que o MST causou acirramento dos conflitos agrários;
  • que é conhecido por sua atuação violenta, em invasões de terras e de prédios públicos;
  • que sofre restrições por essa forma de agir;
  • que com essas ações, procura pressionar o governo (casa 10) para que agilize a reforma agrária oficial.

Possivelmente a carta astrológica do MST tenha Plutão e Marte no Meio do Céu, e conseqüentemente, Saturno, o outro planeta de Escorpião, na casa 10. Essas posições ocorreram nas primeiras horas das manhãs dos três dias do Encontro de Cascavel. Pela posição da Lua no segundo dia, sobre o Sol do Brasil, mais a ativação dessa posição lunar pela conjunção Marte-Urano, existente no final da Marcha do MST a Brasília em maio de 2005 (como será visto mais adiante), tudo indica que os participantes do Encontro de Cascavel aprovaram, ou tiveram consciência dessa nova forma de luta pela terra, no início do segundo dia do encontro, quando Plutão e Marte estavam no Meio do Céu do lugar.

Mapa especulativo do MST - 21.1.1984, 6h35 - Cascavel, PR - 24s35, 53w28.

Às 6:35 do dia 21 de janeiro de 1984, em Cascavel, Plutão e Marte estavam no Meio do Céu. A figura especulativa construída com esses dados (domificação Regiomontanus), além dos elementos anteriores, apresenta concordância com outro fato importante envolvendo o MST, o massacre de Carajás, no Pará, ocorrido no dia 17 de abril de 1996 - época em que Urano se aproximava do Ascendente dessa figura. Pouco antes Urano havia formado quadratura com Plutão e com o Meio do Céu e estava em quadratura com Marte. Urano, na figura especulativa, está na casa 11, dos projetos e dos amigos, regendo o Ascendente, a 6º50' de Aquário. Urano junto do eclipsante Nodo Lunar Sul. Vênus, outro planeta da casa 11, rege a casa 9 (da religião, do estrangeiro, da legalidade), e assim como Urano e o Nodo Sul, está em Sagitário, signo também associado à igreja, a leis e ao estrangeiro.

Urano está em quadratura com a Lua na casa 8. Casa das transformações, de sofrimentos e morte. A Lua caminha para quadratura exata com Urano, dispositor do Sol, e regente do Ascendente - aspecto que pode ser associado às mortes de sem-terra e de defensores de propriedades invadidas. Reforçando esse tipo de leitura, o Sol está em quadratura com Plutão e Marte, na casa 12, dos inimigos ocultos, regendo a casa 7, dos inimigos declarados. A Lua (povo), em Virgem (trabalho, terra), rege a casa 6, acentuando o envolvimento de pessoas humildes com o MST.

Ainda na casa 11, mas entrando em Capricórnio (outro signo de Terra) estavam Netuno e Júpiter, regentes de Peixes, signo da Igreja Católica Romana. Nessa figura Peixes está na casa 2, dos ganhos. Também em Capricórnio, na casa 11, próximo da casa 12 (das restrições e das coisas ocultas), está Mercúrio, dispositor da Lua na casa 8. A Lua, junto da Parte da Fortuna (as esperanças de transformações), está em sextil com Marte (lutas) e em trígono com seu dispositor Mercúrio na cúspide da casa 12, regente também da casa 5 (das satisfações).

Imagens Simbólicas do Ascendente da carta especulativa

As imagens simbólicas, da Volosfera e do Calendário Tebaico, do grau do Ascendente (sétimo grau de Aquário) também apresentam concordâncias com o que se conhece do MST:

  • Um homem de postura enérgica tendo tirado sua espada da bainha traspassa um alvo feito de uma boneca mole que, dilacerada, deixa cair o farelo de que é feita.
  • Um gládio fora da bainha, e colocado em terra.

Imagens que podem ser interpretadas em seus sentidos amplos e restritos, até o nível de suas palavras: falam de instrumentos de luta, de agressões não justificadas, de alvos indevidos e sem consistência, de destruição e de produtos gerados pela terra.

A grande marcha do MST de maio de 2005



Atalhos de Constelar 84 - junho/2005 | Voltar à capa desta edição |

Milosevic, o leão predador | O conflito na Iugoslávia | Milosevic e a limpeza étnica | A guerra do Kosovo |
MST, o céu dos Sem Terra |
Origens e mapa | Confirmando o mapa | Lideranças: Stédile e Rainha |
Ademar Eugênio de Mello | Perfil de um pesquisador |


Cadastre seu e-mail e receba em primeira mão os avisos de atualização do site!
2013, Terra do Juremá Comunicação Ltda. Direitos autorais protegidos.
Reprodução proibida sem autorização dos autores.
Constelar Home Mapas do Brasil Tambores de América Escola Astroletiva