Constelar Home
menu
Um olhar brasileiro em Astrologia
 Edição 106 :: Abril/2007 :: -

Busca temática:

Índices por autor:

| A - B | C - D | E - F |
| G - L
| M - Q | R - Z |

Explore por edição:

1998 - 2000 | 2001 - 2002
2003 - 2004 | 2005 - 2006
2007 - 2008 | 2009 - 2010
2011 - 2013 |

País & Mundo |
Cotidiano | Opine! |
Dicas & Eventos |

UM SÉCULO DE TRANSFORMAÇÕES MUNDIAIS

Revisitando Plutão vinte anos depois

Tereza Kawall

Em janeiro de 2004 Constelar publicou um artigo que Tereza Kawall produzira originalmente para a revista Planeta em 1984, sobre os trânsitos de Plutão. O artigo analisava desde a passagem de Plutão por Câncer, a partir de 1912, até o ingresso em Escorpião, nos anos oitenta. Duas décadas mais tarde a autora retorna o tema e publica novo artigo em Planeta e em Constelar, revendo os textos anteriores e acrescentando capítulos sobre o trânsito de Plutão em Escorpião, Sagitário e Capricórnio.

Na linguagem simbólica da Astrologia os signos zodiacais são a expressão de energias antagônicas que expressam o equilíbrio das leis universais. Temos doze signos que são também seis eixos de energias antagônicas e complementares. A natureza de Plutão opera sempre em termos de opostos, podendo ser destrutiva e cruel, mas também criativa e regeneradora. Símbolo arquetípico das grandes transformações, Plutão é o grande cronometrista da consciência coletiva, desencadeando revoluções sociais, políticas, econômicas e culturais. Grandes fatos históricos podem ser compreendidos à luz de seu poder altamente concentrado, que dissolve estruturas esclerosadas e promove a renovação da vida.

Plutão em Câncer (eixo Capricórnio) 1912-1939

Hades mitológico: o Príncipe das trevas e dos mortos

Quando foi descoberto, o planeta Plutão recebeu um dos epítetos atribuídos a uma importante divindade greco-romana, o deus Hades.

Hades era filho de Crono e de Réia, irmão de Zeus e de Poseidon. Raptou Perséfone, filha de Demeter e Zeus, e casou-se com ela. Acredita-se que durante a titanomaquia recebeu dos cíclopes um capuz ou capacete que tornava o seu portador invisível. Na partilha que se seguiu à luta, coube-lhe o controle do mundo subterrâneo e dos mortos.

Seu nome era usado para designar tanto a divindade quanto os seus próprios domínios. Hades ou Plutão era insensível às preces e sacrifícios. No panteão olímpico Hades era uma divindade misteriosa e temida; Plutão para os romanos significava "riqueza"; seus domínios eram essencialmente ctônicos, e seu poder era representado pela germinação das sementes, assim como pelas cavernas, fendas e grutas. A força e a violência dos vulcões sempre esteve relacionada a essa divindade, e também as riquezas do mundo mineral.

OBS: titanomaquia - guerra entre os Titãs, liderados por Cronos, e os deuses do Olimpo, liderados por Zeus.

Palavras-chave:

Câncer: Família, raízes, pátria, memória, alimento.
Capricórnio: Estado, razão, trabalho, sacrifício, ambição, responsabilidade.

Assistimos neste ciclo histórico a um tempo de dramáticas e profundas transformações de valores representados por este signo: segurança, pátria, lar e a família. No início do século XX uma forte rivalidade econômica e um exacerbado sentimento nacionalista permeava a Europa Central, cujas minorias lutavam por sua liberdade. Esses fatos fomentavam um sentimento de insegurança, provocando uma corrida armamentista e a formação de exércitos que resultou na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), envolvendo as grandes potências européias.

Outro evento devastador foi a quebra da Bolsa de Valores em Nova Iorque em 1929, que promoveu um colapso na economia com proporções mundiais, gerando falências e desemprego em massa; famílias arruinadas e a falta de esperança levaram muitos indivíduos ao suicídio. Naquele cenário sombrio de fome e miséria - a Grande Depressão, havia uma estimativa de 21 milhões de desempregados no mundo todo.

Algumas medidas profiláticas surgiram tendo em vista a proteção do cidadão e da economia: surgiram os sistemas previdenciários e os países criaram barreiras de proteção para o comércio internacional. A recessão teve também um forte impacto na agricultura. Aqui também pudemos ver a força regeneradora de Plutão, pois houve uma grande revolução nas técnicas de plantio, com a introdução de tratores, fertilizantes e inseticidas; a necessidade de reformulação e segurança tinha olhos para um aspecto essencial da vida - a alimentação. Ainda neste contexto de preservação da vida foi descoberta a penicilina por Alexander Fleming em 1928, que salvou milhares de vidas na Segunda Guerra e deu origem a todo o ciclo dos antibióticos.

Em meados de 1930 tiveram início as pesquisas com a energia atômica; a fissão nuclear se deu em 1938, já prenunciando um novo ciclo plutoniano.

Plutão em Leão (eixo Aquário) 1939-1958

Palavras-chave:

Leão: Centro, atração, poder, governo, brilho, exigir, individualidade.
Aquário: Revolução, liberdade, comunidade, fraternidade, irradiar, sociedade.

A forte recessão social, moral e econômica da década anterior foi certamente o cenário ideal e propício para o surgimento e consolidação de regimes fortes e autoritários, como o nazismo na Alemanha e o fascismo na Itália. A ascensão espetacular do Terceiro Reich chegou ao seu auge nesse ciclo com o início da Segunda Grande Guerra e era Adolf Hitler quem estava à frente em seu delirante e ambicioso projeto de conquistar o mundo, que resultou numa catástrofe mundial sem precedentes, cuja capacidade de destruição jamais será esquecida.

Os comícios nazistas, a ostentação do seu poder bélico, eram por si um espetáculo teatral e grandioso, onde a vaidade e a arrogância da raça pura ariana eram o contraponto mórbido e sombrio da devastação e dos horrores da guerra e dos campos de concentração. A expressão individual foi severamente reprimida pelo Estado, que tinha poder sobre tudo e todos. O pior ainda estava por vir, e foi quando (1945) o mundo, atônito, assistiu no Japão à explosão de duas bombas atômicas, em Hiroshima e Nagasaki, assinalando o fim da Segunda Guerra. A assinatura dos efeitos destruidores de Plutão esteve presente no início e no fim desta guerra, 1939-1945.

Na tentativa de evitar novos confrontos bélicos e nucleares foi criada a ONU em outubro de 1945, e posteriormente a Comunidade Européia, em 1952. A paz, no entanto, não trouxe a harmonia política. Verificou-se uma grande cisão entre as democracias ocidentais e o socialismo totalitário da União Soviética, que criou uma nova definição geopolítica do mundo. O arsenal atômico passou a crescer assustadoramente.

Plutão em Virgem (eixo Peixes) 1957-1971

Palavras-chave:

Virgem: Razão, perfeição, detalhe, crítica, trabalho, saúde.
Peixes: Sensibilidade, visão global, unidade, misticismo, espiritualidade.

Com o aperfeiçoamento e uso crescente dos computadores, presenciamos neste ciclo mudanças profundas na forma do trabalho, uma reformulação dos padrões de eficiência, rapidez e produtividade. Na medicina e na saúde acontecem avanços relevantes, como o primeiro transplante de coração em 1967. Tais conquistas também sinalizavam questionamentos éticos e religiosos relativos ao prolongamento da vida humana.

Em 1962, com o aparecimento dos primeiros movimentos ecológicos na Europa e EUA, foi dado o alerta para a necessidade de conscientização a nível mundial em relação ao equilíbrio da natureza; a preocupação com o meio ambiente, com a saúde e a alimentação natural são mais marcantes. Também é desse período o fenômeno do movimento hippie do "flower power", que logo assumiu proporções gigantescas; suas reivindicações em relação ao amor, à paz, ao consumismo, à liberdade e as posições anti-guerra ecoaram através da música de Woodstock, dos protestos e das passeatas. Ao mesmo tempo, o mundo assistia os horrores de outra guerra, agora no Vietnã (1964-1975), que fomentou revolta e grande desilusão na sociedade norte-americana. A chegada da pílula anticoncepcional, o movimento feminista, a revolução dos estudantes em maio de 1968 em Paris, mostravam grandes inquietações e críticas ao status dominante, e novos compromissos da juventude com sonhos e ideologias radicais.

Paradoxalmente, como que para fugir dessa visão mais tecnológica e racional do mundo, houve o aparecimento das drogas psicodélicas, que abriam caminhos ao inconsciente e despertavam nos jovens visões artísticas e a busca pelo êxtase espiritual. No catolicismo, foi convocado o Concílio do Vaticano II (1962), que tinha propósitos de atualizar antigas posições dogmáticas e promover um maior engajamento da Igreja em questões político-sociais, que favoreceriam os trabalhadores.

Plutão de 1971 a 2024



Atalhos de Constelar 106 - Abril/2007 | Voltar à capa desta edição |

Alexey Dodsworth - As cartas de Saturno | O Estoicismo | Sêneca e as Cartas de Saturno |
Raul V. Martinez - Leitura astrológica do pensamento | Resgatando uma técnica medieval |
Tereza Kawall - Revisitando Plutão vinte anos depois | De Câncer a Virgem | De Libra a Capricórnio |

Edições anteriores:

Eugenia Maria Galeffi - Plutão em xeque | Quem é Hades na mitologia | Desnudamento e poder |
Eugenia Maria Galeffi - Os mitos de cada signo e os trânsitos de Plutão | De Áries a Virgem | Libra e Escorpião |
Alexey Dodsworth - Discutindo a regência de Éris | Nem um, nem outro |
Kátia Lins - Entre o mito e a filosofia | Um dizer no rasgar da carne |


Cadastre seu e-mail e receba em primeira mão os avisos de atualização do site!
2013, Terra do Juremá Comunicação Ltda. Direitos autorais protegidos.
Reprodução proibida sem autorização dos autores.
Constelar Home Mapas do Brasil Tambores de América Escola Astroletiva