Constelar Home
menu
Um olhar brasileiro em Astrologia
 Edição 92 :: Fevereiro/2006 :: -

Busca temática:

Índices por autor:

| A - B | C - D | E - F |
| G - L
| M - Q | R - Z |

Explore por edição:

1998 - 2000 | 2001 - 2002
2003 - 2004 | 2005 - 2006
2007 - 2008 | 2009 - 2010
2011 - 2013 |

País & Mundo |
Cotidiano | Opine! |
Dicas & Eventos |

TRIBUTO A ADEMAR EUGÊNIO DE MELLO

Ademar, muito mais do que astrólogo

Marcello Borges

Uma amizade que começou numa sala de autópsias: Marcello Borges conta um pouco da intimidade de Ademar Eugênio de Mello, um dos mais conceituados astrólogos e pesquisadores do país, falecido em 2005.

No final de 1985, fui assistir a uma palestra na Faculdade de Medicina. Lera a respeito desse Ademar Eugênio de Mello na revista Planeta e fiquei curioso. Suas teses e seu campo de interesses harmonizavam-se muito com os meus.

A palestra foi realizada em um local insólito: numa sala de aulas de autópsias! Mesmo assim, o auditório ficou lotado. "Dos Maias a Nostradamus" foi um apanhado de profecias à luz de diversas ciências, e me impressionou muito. No intervalo, procurei-o, e, pela conversa, vimos que tínhamos de fato muita coisa em comum, e que poderíamos pesquisar vários temas em conjunto.

Para delinear um plano de trabalho, fizemos uma reunião em casa. Ficamos conversando das 4 da tarde até as duas da manhã! Mas o primeiro projeto ganhou nome: Astro-Ufologia, uma tentativa de encontrar padrões astrológicos nas aparições e contatos com ÓVNIS. Tanto Ademar como eu estudávamos esses fenômenos havia muitos anos. Apresentamos depois os resultados desse estudo num dos eventos da SARJ, no Rio, se não me engano em 1988. Depois, fizemos uma palestra intitulada "A reencarnação dos povos", com base nas leituras do paranormal americano Edgar Cayce.

Mas falar disso não diz quem era Ademar. Aquariano com Ascendente em Touro, era formado em Matemática Aplicada, membro da Ordem Rosacruz, ufólogo, astrólogo consultor, pesquisador de profecias comparadas, desenhista de imenso talento, integrador entre ciência e esoterismo.

Mas ainda não disse quem era Ademar. Foi, na verdade, um grande amigo, talvez o maior deles, companheiro de jornada, irmão no caminho da Verdade. Ainda posso ouvir sua voz forte ao telefone: "Marcello? Ademar! Tudo bem com você?"

Na tarde de seu velório, recebi o telefonema de uma das editoras para as quais faço traduções. Pediram-me para traduzir um livro de Amit Goswami que fala da morte, da reencarnação e da alma à ótica da Física Quântica. Era um dos últimos estudos do Ademar, que a respeito escreveu o seguinte:

Quando se acende uma vela para alguém, a luz, que é formada por fótons, está atuando nos dois universos. Neste que nós estamos vendo, a chamada vela; e a luminosidade dela, o fóton, aparece no Mundo Espiritual. Vejam que essa crença das pessoas de acenderem uma vela para um morto, ou no Dia de Finados, tem um certo fundamento dentro da Física Quântica.

Meu grande irmão, que cada luz dentro de nossas casas vibre para sua ascensão. E guarde um lugar para nós, como diz o e-mail que recebi hoje:

"Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo. Mas, se eu morrer antes de você, acho que não vou estranhar o céu. Ser seu amigo, já é um pedaço dele."

Leia outros artigos de Marcello Borges.



Atalhos de Constelar 92 - Fevereiro/2006 | Voltar à capa desta edição |

Plutão e o Conde de Monte Cristo | Por que O Conde de Monte Cristo é plutoniano |
O auge como início da derrocada: o exílio
| A nova identidade |
Perfil |
Alexandre Dumas, uma vida de romance |
Astrologia Tradicional | Antecipando a doença de Ariel Sharon |
Previsões confirmadas
| O impagável George W. Bush |
Tributo a Ademar Eugênio de Mello | Ademar, muito mais do que astrólogo |
Astrologia e Psicanálise | Sujeito e Destino |


Cadastre seu e-mail e receba em primeira mão os avisos de atualização do site!
2013, Terra do Juremá Comunicação Ltda. Direitos autorais protegidos.
Reprodução proibida sem autorização dos autores.
Constelar Home Mapas do Brasil Tambores de América Escola Astroletiva