Constelar Home
menu
Um olhar brasileiro em Astrologia
 Edição 94 :: Abril/2006 :: -

Busca temática:

Índices por autor:

| A - B | C - D | E - F |
| G - L
| M - Q | R - Z |

Explore por edição:

1998 - 2000 | 2001 - 2002
2003 - 2004 | 2005 - 2006
2007 - 2008 | 2009 - 2010
2011 - 2013 |

País & Mundo |
Cotidiano | Opine! |
Dicas & Eventos |

APLICANDO REVOLUÇÕES SOLARES

Rio de Janeiro, o céu em convulsão

Fernando Fernandes

A anciã que entrou numa fria e os terríveis trovões de Zeus

  • 2.8.2005 - Ascendente dirigido em 20° de Câncer: conjunção com Saturno.
  • 5.8.2005 - Ascendente dirigido em 23° de Câncer: oposição a Marte.

Na carta radical do Rio de Janeiro, Saturno e Marte estão em oposição no eixo das casas 3 e 9, relacionadas à locomoção, às vias públicas e aos meios de transporte. Na Revolução Solar de 2005, Marte e Saturno encontram-se mais uma vez em oposição, enfatizando o aspecto do mapa radical. Nos dias em que o aspecto esteve ativo a imprensa andou ocupada com dois temas: as negociações entre o governo estadual e o BNDES, para liberação de recursos para a expansão do metrô; e a inexplicável revogação da proibição dos passeios diurnos de cães ferozes, que havia sido determinada um mês antes.

EXPANSÃO DO METRÔ NA JUSTIÇA - 05/08/2005
[A negociação] financeira para garantir a continuação das obras da Linha 1 do metrô até a estação Cantagalo, em Copacabana, parece ter emperrado de vez. (...) a governadora Rosinha Garotinho e o presidente do BNDES, Guido Mantega, não conseguiram ontem chegar a um acordo para restabelecer o pagamento das parcelas (...)

MURALHA NO CAMINHO DO METRÔ - 03/08/2005
(...) A governadora Rosinha Garotinho informou que, caso o banco mantenha a decisão, entrará na Justiça.

PROJETO LIBERA PASSEIO DIURNO DE CÃES FEROZES - 03/08/2005
Há cerca de um mês, desde que foi publicado o decreto da governadora Rosinha Garotinho, regulamentando a chamada Lei do Pitbull, 12 cães da raça pitbull, três rottweilers e três filas foram abandonados pelas ruas da cidade e até em municípios vizinhos.

Comentário - Marte é o regente natural de pitbulls e outros cães ferozes. Na Revolução de 2005, rege também a casa 3, das vias públicas. Já Saturno, presente na casa 3 da carta de fundação do Rio, é significador de obstáculos e atrasos, assim como de "muralhas", como aparece na chamada de O Globo do dia 3 de agosto.

  • 28.8.2005 - Ascendente dirigido em 16° de Leão: oposição a Netuno.

Em 25 de agosto, três dias antes do vencimento desta direção, o jornal Extra, das Organizações Globo, publicou extensa matéria revelando a atividade solitária de uma aposentada de 80 anos, que ficou conhecida pelo codinome de "Dona Vitória", e que durante dois anos filmara de sua janela, em Copacabana, o movimento de traficantes e compradores de drogas na Ladeira dos Tabajaras, no morro em frente. Tratada como heroína, "Dona Vitória" recebeu elogios da Governadora e do Secretário de Segurança. A ladeira foi ocupada e fizeram-se algumas poucas prisões. No dia 26, porém, O Globo já denunciava que tudo voltava a ser como antes na Ladeira dos Tabajaras.

No domingo, 28 de agosto, o assunto continuava a render, constituindo a matéria principal do popular programa Fantástico, da Rede Globo. Dona Vitória, contudo, foi incluída no programa de proteção à testemunha e teve de mudar-se para outra cidade.

LADEIRA DOS TABAJARAS - 25/08/2005
Durante as filmagens, Dona Vitória mostra a degradação dos viciados em busca da droga. Boa parte das imagens registradas por Dona Vitória mostra crianças e adultos comprando e consumindo (...). Operação 'Dona Vitória' - Policiais fazem incursão em favela para tentar prender traficantes filmados por idosa. (Jornal Extra)

A GUERRA DO RIO: REPORTAGEM REPERCUTE NO EXTERIOR - 25/08/2005
Atitude da aposentada de Copacabana é aclamada. Para secretário de Direitos Humanos, um fato emblemático.

TUDO COMO ANTES NA LADEIRA DOS TABAJARAS - 26/08/2005
Uma equipe do GLOBO foi ao local para uma reportagem (...) e acabou expulsa por cinco bandidos armados de pistolas. Apesar da repercussão do caso e do anunciado reforço na segurança, os traficantes continuam desafiando a polícia.

Comentário - O frisson em torno da história tem vários aspectos netunianos: o tráfico de drogas (Netuno rege as substâncias psicoativas), as gravações em vídeo (lembremos que Netuno rege cinema), a glamurização da anciã, que tornou-se "modelo de cidadania", e a própria decepção que resultou de todo o incidente: após dois anos de filmagens, a denúncia de Dona Vitória serviu para muito pouco. Netuno é significador de decepções e de mártires, termo que bem se aplica à infeliz Dona Vitória, que jamais poderá voltar a seu apartamento.

  • 29.10.2005 - Ascendente dirigido em 16° de Libra: conjunção com Júpiter.

Dois fatos, ambos acontecidos alguns dias antes da data do vencimento do aspecto, marcaram esta configuração: uma chuva violenta caiu sobre a cidade, com precipitação pluviométrica correspondente à de um mês inteiro, e o traficante Dudu da Rocinha, responsável por uma guerra pelo controle da favela do mesmo nome, foi, enfim, levado a julgamento.

TEMPORAL SURPRESA - 25/10/2005
Em 2 horas, 1 mês de chuva Tempestade alaga ruas, pára o trânsito no rush matinal e mata pelo menos 3 pessoas Um forte temporal pegou desprevenidos o carioca e os órgãos responsáveis por alertar a população no início da manhã de ontem. (...) Técnicos só tiveram certeza da tempestade quando a chuva já caía.

Comentário - Júpiter é significador de excessos, exageros. Um mês de chuva em duas horas é um típico exagero jupiteriano. Além disso, o temporal foi precedido por terríveis trovões e raios no final da madrugada, que despertaram toda a população. Na mitologia grega, Júpiter é Zeus, deus dos raios e trovões. É também significador da lei e da Justiça, fato que se relaciona com o julgamento de um dos criminosos mais conhecidos do Rio de Janeiro.

  • 26.11.2005 - Sol dirigido em 7° de Sagitário: quadratura com Urano.
  • 28.11.2005 - Ascendente dirigido em 16° de Escorpião: quadratura com Netuno.

Na noite de 29 de novembro registrou-se um dos dois eventos mais chocantes da crônica da cidade nesta Revolução Solar, quando um ônibus cheio de passageiros foi incendiado a mando do chefe do tráfico na Penha Circular, num ato de represália pela morte de um comparsa algumas horas antes. O resultado foram meia dúzia de mortes e mais de uma dezena de queimados em estado grave. Dois dias depois, com a cidade ainda mergulhada num clima de comoção e medo, quatro dos supostos responsáveis pelo ato bárbaro apareceram mortos a tiros dentro de um carro. Haviam sido justiçados por outros traficantes.

O ataque dos traficantes começou por volta das 22h. (...) Quatro mulheres jovens fizeram sinal para o ônibus. Assim que o coletivo parou, um homem entrou e arrastou o motorista para fora. Em seguida, outro homem subiu com duas garrafas de gasolina e, apesar dos apelos dos passageiros, ateou fogo no veículo. (...)

- Meu marido chegou em casa nu, com o corpo todo queimado. (...) Ele disse que uma mãe colocou um bebê pela janela. Lamentou muito não ter conseguido agarrá-la - relatou G., 26 anos, enquanto aguardava notícias (...) na porta do Hospital (...).

- As chamas atingiram os fios de alta tensão e o calor impedia qualquer um de se aproximar. Tive de segurar a minha filha, que estava em pânico e queria entrar para tirar as pessoas lá de dentro - contou uma dona-de-casa.

Comentário - Na Revolução Solar de 2005 Urano está na casa 1, próximo do Ascendente, além de ativar por conjunção a Lua radical, ou seja, a da fundação do Rio de Janeiro. Neste mapa da fundação, Urano está na casa 7, simbolizando os inimigos declarados da cidade. Todo o incidente do atentado ao ônibus ocorreu em pouquíssimos minutos, o que concorda com um ato uraniano (súbito, surpreendente, fulminante). Já o Ascendente em quadratura com Netuno chama a atenção para a ação desfocada e fora de propósito. Acrescente-se que no mapa do próprio evento, calculado para 29 de novembro de 2005 às 22h, Urano aparece na casa 8 (morte) em quadratura com o Sol, enquanto Netuno forma quadratura com a Lua, regente do Ascendente.

  • 19.12.2005 - Ascendente dirigido em 7° de Sagitário: quadratura com Urano.

Em 13 de dezembro, seis dias antes do aspecto exato (Urano costuma antecipar seus efeitos), traficantes de Parada de Lucas, usando fardas da PM, invadiram favela rival e seqüestraram sete jovens, ainda desaparecidos.

LUCAS E VIGÁRIO EM NOVA GUERRA - 14/12/2005
Com fardas da PM, traficantes seqüestram sete jovens de favela rival. Vítimas estão desaparecidas

Usando fardas da Polícia Militar, traficantes da Favela da Parada de Lucas invadiram na madrugada de ontem casas na comunidade vizinha, Vigário Geral, e seqüestraram sete jovens - com idades entre 15 e 24 anos - enquanto eles dormiam. (...) Os confrontos entre Parada de Lucas e Vigário Geral já ocorrem há mais de 20 anos.

Comentário - Mais um incidente com a marca de Urano, outra vez envolvendo atos violentos e súbitos praticados por traficantes em áreas de comunidades carentes.

  • 2.1.2006 - Ascendente dirigido em 20° de Sagitário: quadratura com o Sol.
  • 5.1.2006 - Ascendente dirigido em 24° de Sagitário: conjunção com Plutão.

Ao contrário dos aspectos anteriores envolvendo Sol e Plutão, este praticamente passou em branco. O Rio teve um reveillon tão tranqüilo quanto possível, nem nenhuma ocorrência que pudesse ser considerada excepcional.

  • 28.1.2006 - Ascendente dirigido em 16° de Capricórnio: quadratura com Júpiter.

Na noite de sexta-feira, 27 de janeiro, acontece a chuva mais forte do verão de 2006 no Rio de Janeiro. O resultado foram inundações em diversos bairros e 13 mortes, a maioria em função da súbita inundação do estacionamento subterrâneo de um shopping center, no bairro da Penha (Zona da Leopoldina).

Comentário - Mais uma vez um aspecto tenso Ascendente-Júpiter aparece relacionado a chuvas intensas e inundações. Como no temporal de 25 de outubro de 2005, a marca registrada deste novo temporal foi o exagero, a magnitude, a enorme quantidade de água num curto espaço de tempo.

Entre tiroteios e Rolling Stones



Atalhos de Constelar 94 - Abril/2006 | Voltar à capa desta edição |

Valeria Bustamante - Vênus brasileira, uma dama à beira do abismo | A dama servidora e a dama generosa |Netuno em Aquário revela Vênus |
Fernando Fernandes - Rio de Janeiro, o céu em convulsão | O retorno solar de 2005 | A anciã que entrou numa fria e os terríveis trovões de Zeus | Tiroteios e Rolling Stones | Revolução Solar de 2006 | Tabela de Direções 2005/2006 | Tabela de Direções 2006/2007 |
Hanna Opitz - Política brasileira e previsões | Quíron para curar o Brasil |

Edição anterior:

Kátia Lins - Astrologia e contemporaneidade | A singularidade do mapa e a cultura do narcisismo |
Luiz Roberto Delvaux de Matos - Astrologia e Psicanálise | O mito de Prometeu e o elemento Fogo |
Vanessa Tuleski - Prática profissional | Quanto vale uma consulta? |
Dimitri Camiloto - Ciclos planetários e questões incômodas | Plutão em Leão: onde mora o perigo |
Raul V. Martinez - Astrologia Tradicional | Graus tenebrosos e infernais em Claude Dariot | Como William Lilly aplicava a técnica |
Equipe de Constelar - Congresso em Salta | Uma ponte entre a Vila Isabel e a Argentina |
Edil Carvalho - Comportamento | Elis Regina e planetas na casa 1 |


Cadastre seu e-mail e receba em primeira mão os avisos de atualização do site!
2013, Terra do Juremá Comunicação Ltda. Direitos autorais protegidos.
Reprodução proibida sem autorização dos autores.
Constelar Home Mapas do Brasil Tambores de América Escola Astroletiva