Constelar - Última edição
Um olhar brasileiro em Astrologia
 Edição 121 :: Julho/2008 :: -

Busca temática:

Índices por autor:

| A - B | C - D | E - F |
| G - L
| M - Q | R - Z |

Explore por edição:

1998 - 2000 | 2001 - 2002
2003 - 2004 | 2005 - 2006
2007 - 2008 | 2009 - 2010
2011 - 2013 |

País & Mundo |
Cotidiano | Opine! |
Dicas & Eventos |

ASTROTESTE: GENTE QUE VALE UM MAPA

Douglas Carrara, o militante da utopia

Fernando Fernandes

AstrotesteNeste Astroteste, o objetivo é descobrir, entre três alternativas, qual é o mapa do antropólogo Douglas Carrara, um cientista que decididamente não nasceu para ficar trancado num gabinete. Vamos ver se sua escolha foi acertada...

Você escolheu o mapa número 3? Trata-se da carta natal de Rolim Adolfo Amaro, mais conhecido como Comandante Rolim, o fundador da TAM. Vejamos um resumo de sua biografia, conforme apresentada no site www.brasilescola.com:

Comandante RolimRolim Amaro largou a escola no terceiro ano ginasial para ajudar nas despesas da casa. Foi assistente de mecânico, aprendiz de escrevente e office-boy de banco, em São Paulo. Apaixonado por aviões desde a infância, voltou para o interior e, com o dinheiro duramente economizado, pagou sua inscrição no curso do aeroclube de Catanduva. Conclui o curso de piloto (1958), obteve o brevê, foi para Londrina e conseguiu emprego na Táxi-Aéreo Star, onde pilotou sozinho, pela primeira vez, um Cessna 140 de dois lugares.

Entrou, como piloto em 1962, na Táxi Aéreo Marília S.A, a TAM, empresa fundada no ano anterior por um grupo de dez aviadores. Ganhou bastante dinheiro transportando cargas, mas pegou malária sete vezes e acabou mudando para São Paulo, onde se casou e foi trabalhar na VASP, como piloto de passageiros. Não ficou muito tempo: em 1966 já estava noutra empreitada, comprando o primeiro avião e tornando-se dono da ATA - Araguaia Transportes Aéreos, em São Félix do Araguaia. Dois anos depois já possuía uma frota de 15 aviões e recebia o convite para tornar-se acionista minoritário da TAM, que não andava em boa situação financeira.

Investindo toda sua competência, comprou metade das ações da TAM (1972) e assumiu a direção da empresa. Modernizou a frota e fez a empresa crescer. Em 1976 já era dono de 98% das ações e a TAM era vista como um fenômeno. Enquanto a aviação crescia 15% a cada ano, a TAM aumentava 70% a cada seis meses.

O resto é história. Com marketing arrojado e serviço de boa qualidade, a TAM só fez crescer ao longo dos anos 80 e assumiu a liderança nacional já na década seguinte. Com ações de grande impacto na mídia, o comandante Rolim conseguiu superar a repercussão negativa de seis acidentes com aviões da TAM incluindo a queda de um Fokker-100 no aeroporto de Congonhas, em 31 de outubro de 1996, matando 99 pessoas.

Depois do acidente "o comandante" passou a receber os passageiros de alguns vôos que saíam de Congonhas na escada dos aviões, numa tentativa de recuperar a imagem da companhia. Depois disso, suas cartas e vídeos dirigidos aos passageiros tornaram-se uma constante nos vôos da TAM. Em 1996 a TAM já é a empresa mais rentável do país e começa sua expansão internacional, adquirindo a LAPSA do Paraguai para formar a TAM Mercosul. Em 2001 a TAM finalmente supera a Varig, mas o comandante Rolim não tem muito tempo para comemorar a liderança: num passeio de helicóptero, o aparelho caiu e explodiu próximo a Pedro Juan Caballero, no Paraguai, em 8 de julho de 2001.

Astroteste - Mapa 3

Rolim Adolfo Amaro - 15.9.1942, 16h - Pereira Barreto, SP - 051w07, 20s38.

Nenhum Ascendente poderia ser mais adequado para um aviador quanto Aquário, signo aéreo e voltado para novas tecnologias, especialmente se seu regente moderno, Urano, encontra-se em outro signo de Ar - Gêmeos - em quadratura com Vênus na 7 (voar por prazer e gosto pelo risco). Urano forma também um trígono com Marte, um dos regentes de Escorpião no Meio do Céu (vocação, carreira), além de oposição à Lua na casa 10: a impaciência com a mesmice e a mediocridade, o impulso para diferenciar-se a qualquer custo.

Observe-se que a Lua está em Escorpião, ao mesmo tempo em que Sol, Marte e Netuno estão na casa 8, que tem analogia com Escorpião. Este conjunto de indicações aponta para a outra tônica na vida de Rolim Amaro: a competência financeira, a capacidade de tirar proveito dos recursos disponíveis, muitas vezes "virando o jogo" a partir de situações bastante desfavoráveis. Basta lembrar que ele adquirou sua primeira participação acionária na TAM quando a empresa vivia uma situação bastante precária, em 1972, o mesmo acontecendo com a paraguaia LAPSA, nos anos 90. Ao desgaste de imagem provocado pelo acidente com o Fokker-100 em Congonhas, Rolim respondeu com ações de marketing que resultaram na conquista da liderança aérea no país.

TapeteQuatro planetas em Virgem e outros dois na casa 6 (Júpiter ainda está na 5, mas a apenas três graus da cúspide seguinte) falam também de um comportamento fortemente workaholic: o comandante Rolim era um tarado por trabalho, com obsessão (obsessões profissionais: Plutão na 6!) por higiene, limpeza e eficiência. Lembram-se do tapete vermelho da TAM (à esquerda), que, além de impressionar os passageiros, ainda ajudava a limpar as solas dos calçados, diminuindo o volume de poeira na aeronave? Aí vemos claramente a marca virginiana, assim como na "linha dura" imposta ao pessoal da empresa, sempre submetido a uma severa cobrança de desempenho.

A morte do comandante Rolim foi tão uraniana quanto sua vida. No dia do acidente fatal com o helicópero (um veículo regido por Urano, diga-se de palavra), Lua e Urano formavam conjunção sobre seu Ascendente, enquanto Vênus, regente da casa 4 (o fim da vida), transitava na própria 4, sobre Urano natal.

Quer tentar de novo? Você ainda tem duas opções!

Qual é o mapa?

Agora que você já sabe que o mapa 3 não é o do antropólogo Douglas Carrara, ainda restam duas opções. Faça sua escolha e clique para confirmar!

Astroteste - Mapa 1

Mapa 1 - Sol em Gêmeos, no Meio do Céu, conjunto a Urano e Mercúrio e em trígono com Netuno. Ascendente em Leão. Lua em Aquário, oposta ao Ascendente. Oito planetas acima da linha do horizonte. Será este o mapa de Douglas Carrara?

Astroteste - Mapa 2

Mapa 2 - Sol em Áries, na casa 6, oposto a Netuno na cúspide da 12. Lua em Sagitário, no final da 1, oposta a Urano e Saturno na 7. Ascendente em Escorpião. Grande Trígono envolvendo Lua, Sol e Plutão em signos de Fogo. Será este o mapa de Douglas Carrara?

O mapa de Douglas Carrara é: | Mapa 1 | Mapa 2 | Mapa 3 |


Atalhos de Constelar | Voltar à capa desta edição |

Astroteste - Gente que vale um mapa | Douglas Carrara, o antropólogo |
Ana Maria González - Resenha de livro | Frutiger e a Astrologia, pseudociência de sinais e símbolos |
Equipe de Constelar - GeA 2008 | Trocando figurinhas com Los Hermanos |
Hollanda, Dimitri, Fernando e Lúcia Torres | Ensino de Astrologia na Argentina | As duas maiores escolas do continente |

Edições anteriores:

Gregório José Pereira de Queiroz - As qualidades primitivas | O cerne movente da vida |
| Identificar linhas de força ou prever fatos? |
Carlos Hollanda - Em cima dos fatos | Isabella Nardoni e os polígamos do Texas |
Alexey Dodsworth - Astrologia e Filosofia | Astrologia e Ceticismo |
Ana Maria González - United Astrological Conference 2008 | Uma festa Astrológica em Denver |
Equipe de Constelar - Dicas e Eventos | Três congressos de inverno | Astrológica 2008 |
Daniel Nunes - Monografia interdisciplinar | Astrologia e Iridologia |


Cadastre seu e-mail e receba em primeira mão os avisos de atualização do site!
2013, Terra do Juremá Comunicação Ltda. Direitos autorais protegidos.
Reprodução proibida sem autorização dos autores.