Revista Constelar Revista Constelar

 

 

 
 
 
ASTROLOGIA COMPORTAMENTAL

Signos Interceptados e Planetas Confinados

Eduardo Rocchigiani

 

Como interpretar os Signos Interceptados - aqueles que, num mapa astrológico, ficam totalmente encerrados dentro de uma casa? E qual o significado dos Planetas Confinados - aqueles que ocupam Signos Interceptados?

Os "signos interceptados" e os "planetas confinados" - Esses dois temas representam uma importante abordagem para a interpretação, mas infelizmente existem poucos trabalhos sérios e abrangentes sobre eles, que no entanto aparecem com certa freqüência nos mapas. Só para exemplificar, no Sistema de Placidus, que é o que emprego, já na latitude 01º há a probabilidade de ocorrência de signos interceptados da ordem relativa de 8,12% (considerando-se as 24 horas do dia sideral e as indicações dos tempos siderais da tábua de casas para esta latitude). Em São Paulo (latitude de 23º), por exemplo, a média potencial de ocorrência de signos interceptados é de cerca de 22,6%, ou cerca de 2 a cada 10 mapas (considere esta uma probabilidade relativa, visto ser tendenciosa. Estatisticamente temos um número mais significativo de nascimentos diurnos do que noturnos, e há diversos motivos de ordem metabólica e de prática obstétrica que justificam isso, o que compromete o percentual acima).

Carl Gustav Jung - 26.7.1875, 19h32 UT - Kesswil, Suíça. 47n35, 09e20. Se o horário estiver correto (há mais de uma hipótese), Jung tinha Peixes e Virgem como signos interceptados (indicados em verde).

No mapa de Jung, o eixo casa 1/7 é muito extenso (56º28'), englobando por inteiro o signo de Peixes, que fica assim "destituído" de uma casa. As casas 3, 4 e 5 (e suas opostas 9, 10, 11) são curtas, particularmente a casa 4. Peixes interceptado na casa 1 parece revelar o quanto o lado espiritual o incomodava, ele precisava botar isso pra fora de alguma forma..., foi aí que seu lado aquariano (Regente da casa 1) agiu. Ao que se sabe, Jung era um pouco "esquecido" das obrigações sociais - isso parece refletir o seu Virgem interceptado na casa 7 (que encontra dificuldades em se relacionar com coisas mundanas e cotidianas do convívio social, esquecendo-se ou evitando aniversários, festas etc. - a menos que fosse para homenageá-lo, pois então o Leão na 7 estava a impulsioná-lo).

Os signos interceptados têm seus motivos diretamente relacionados à noção de casas Astrológicas: a disposição das casas e a extensão não é a mesma em todos os sistemas de cálculos de casas - Plácidus, Morinus etc. - em relação a um mesmo Tempo Sideral e mesma latitude. Um signo interceptado apresenta-se quando uma casa for tão ampla que seja capaz de conter em seu interior um signo completo, sem que este toque nos seus limites (ou seja, o signo não estará situado na cúspide desta casa nem na cúspide da casa seguinte). Se um signo está interceptado, por conseguinte, o seu oposto também o está.

Devido à inclinação aparente do eixo da Terra em relação ao Sol (Obliqüidade da Eclíptica), nas altas latitudes a linha do horizonte local (eixo Ascendente/Descendente) não cruza em ângulo reto com o ponto culminante do Sol na localidade (eixo Meio do Céu/Fundo do Céu), mas inclinam-se muito. A extensão dos Quadrantes que se originam dessas condições sofre um achatamento em uma parte e um alongamento em outra, derivando em casas mais longas que a expectativa dos 30º para as regiões equatoriais, atingindo-se, às vezes, até mais de 60º de extensão para uma casa nas latitudes mais distantes. Estas casas longas podem vir a abarcar um signo inteiro em seu comprimento (ou até dois), e conseqüentemente teremos também casas curtas, as vezes com menos de 15º de extensão (no mapa de Jung - que você viu acima - as casas 4 e 10 tem 12º de extensão). Quanto mais alta for a latitude, distanciando-se do equador, mais o Meridiano Local irá se inclinar em relação ao horizonte.

O signo interceptado pode ser visto como algo que foi mandado mas não chegou. Foi, por assim dizer, extraviado; ele não consegue se expressar livremente em condições externas, uma vez que depende da qualidade do relacionamento (Aspecto) entre o seu planeta regente (ou de um, ou mais, planetas nele situado) e o regente do signo que ocupa a cúspide da casa onde este signo interceptado se localiza.

Signos Interceptados e qualidades não desenvolvidas


Anterior | Próxima | Sumário desta edição | Índices

© 1998-2004 Terra do Juremá Comunicação Ltda.