Revista Constelar Revista Constelar

 

 

 
 
 
TÉCNICA ASTROLÓGICA

O que é Astrologia Uraniana

Hanna Opitz

 

Cupido? Hades? Admetos? Quem são? Para a Astrologia Uraniana, um sistema desenvolvido na Alemanha e que já conta com mais de uma centena de estudantes no Brasil, os oito planetas de "energia sutil" são tão úteis na interpretação quanto os dez planetas que normalmente utilizamos.

Descoberta no início do século passado em Hamburgo, Alemanha, por Alfred Witte, a Astrologia Uraniana recebe cada vez mais adeptos na Europa, Austrália e nos Estados Unidos, sendo que nos últimos Congressos Mundiais nos EUA o congressista podia optar por assistir palestras pelo sistema uraniano ou tradicional. No Brasil, até agora, 160 astrólogos e estudantes de astrologia estudaram os princípios do sistema. Procure na internet por "uranian astrology" ou "astrologia uraniana" e você encontrará mais de 1000 sites!

Na Astrologia Uraniana, além do Sol, da Lua e dos planetas conhecidos, são utilizados oito planetas a mais. Eles já foram previstos por diversos astrônomos por exercerem influência sobre a órbita de alguns planetas conhecidos, mas nunca chegaram a ser vistos, talvez por estarem muito afastados da eclíptica ou serem de energia sutil.

Seus nomes são: Cupido, Hades, Zeus, Kronos, Apollo, Admetos, Vulcano e Poseidon. Cupido tem como princípio a integração e está ligado a casamentos, corporações, família, fatores hereditários, doenças em família, panelinhas etc. Hades tem como princípio a desintegração e está ligado a outras encarnações, segredos, sujeira, favelas, excrementos, bactérias benéficas, esgoto, sofrimento etc. O princípio de Zeus é a realização e o cumprimento; está ligado a concepção, criação, liderança, energia direcionada, planos a longo prazo, armas de fogo, queimaduras etc. Kronos tem como princípio governo e domínio e manifesta-se através de autoridade, superioridade, auto-suficiência, burocracia etc. As palavras-chave para Apollo são compreensão, extensão e espaço. Ele seria algo parecido como a oitava superior de Júpiter. Relaciona-se com ampliação da visão de mundo, educação superior, ciência, comércio, fama etc. Admetos rege a forma, a massa inerte e está ligado ao fim das coisas, processos cíclicos, condensação, concentração, durabilidade, obstruções, estabilidade etc. Já Vulcano tem como princípio o equilíbrio dinâmico e, como o próprio nome já diz, relaciona-se com reserva de energia, grande esforço, energia potencial, violência, força máxima e destino. E finalmente Poseidon é a luz; entendimento, iluminação, espírito, sabedoria e verdade resumem a plenitude deste astro.

A ilustração ao lado permite observar a representação gráfica e a localização dos oito planetas da Astrologia Uraniana no mapa do início da Guerra do Iraque, já mostrado em sua versão tradicional na edição 58 de Constelar.

Além dos planetas hipotéticos, na Uraniana usam-se pontos médios e figuras planetárias (parecidas com partes arábicas). O Meio do Céu é o ponto mais importante de todo o mapa e para facilitar a visualização trabalha-se com o mapa de 90 graus. Reinhold Ebertin, o criador da Cosmobiologia, baseou seus estudos na técnica da Astrologia Uraniana.

É um método para quem gosta de precisão - tanto nas previsões como na Sinastria e Astrologia Vocacional - e é excelente para retificar o horário de nascimento (até no segundo!), inclusive para mapas com hora desconhecida. E que ninguém pense que toda essa precisão requer cálculos e cálculos, pois não há nenhum cálculo. A técnica é puramente visual.

Um dos melhores livros de Astrologia Médica (The American Book of Nutrition and Medical Astrology - Eileen Nauman) já está traduzido para o português. Nele há um capítulo que ensina e dá fórmulas de Astrologia Uraniana para fazer diagnóstico médico através do mapa astral. O livro básico de uraniana já está traduzido para o português mas ainda não publicado.

Isso em relação à precisão. Quanto à interpretação, podem ser utilizados seis mapas distintos (de 360 graus), como por exemplo, o mapa do seu emocional. Para detectar problemas emocionais de uma pessoa pela Astrologia tradicional temos basicamente a Lua e algumas poucas informações. Já na Uraniana temos doze casas relacionadas somente com o emocional. Além desse mapa podem ser feitos ainda o seu mapa de sua vida concreta e das várias partes do corpo, o mapa da alma e dos planos internos, o mapa das aparências e condições externas, o mapa dos seus arredores e o do seu meio ambiente. Você vai gostar!

Leia outros artigos de Hanna Opitz.


Anterior | Próxima | Sumário desta edição | Índices

© 1998-2004 Terra do Juremá Comunicação Ltda.