Constelar Home
menu
Um olhar brasileiro em Astrologia
 Edição 93 :: Março/2006 :: -

Busca temática:

Índices por autor:

| A - B | C - D | E - F |
| G - L
| M - Q | R - Z |

Explore por edição:

1998 - 2000 | 2001 - 2002
2003 - 2004 | 2005 - 2006
2007 - 2008 | 2009 - 2010
2011 - 2013 |

País & Mundo |
Cotidiano | Opine! |
Dicas & Eventos |

JORNADAS LATINOAMERICANAS DE ASTROLOGIA

Uma ponte entre a Vila Isabel e a Argentina

Equipe de Constelar

Parece que a comunidade astrológica brasileira começa a tomar jeito. Em vez de submeter-se ao imperialismo cultural dos congressos norte-americanos, onde astrólogos nascidos abaixo do Equador só interessam como platéia, um grupo decidiu optar pelo circuito alternativo e participar de um congresso em Salta, no noroeste da Argentina.

Mário Raskovsky ladeado pelas duas palestrantes brasileiras, Angela Brainer e Celisa Beranger. Ao fundo, as bandeiras dos dois países e da província de Salta.

Aconteceu na Argentina, nos dias 10 e 11 de fevereiro, o evento "1ªs Jornadas Latinoamericanas de Astrología". A nota de destaque ficou por conta do - até hoje muito raro - intercâmbio entre brasileiros e argentinos. E não foram poucos os nativos de Pindorama presentes: Celisa Beranger e Angela Brainer, como palestrantes, e mais um batalhão de cariocas e paraibanos que, certamente, formaram a maior delegação brasileira que já participou de um evento astrológico em outro país da América do Sul.

O organizador do evento foi Mário Raskovsky, diretor da Fundação Centro Astrológico de Salta e pesquisador na área de Astrologia Mundial. Mário e Angela Brainer, presidente do Sindicato dos Astrólogos de Pernambuco, aproveitaram o evento para discutir a viabilidade de um "Astrosur", uma espécie de Mercosul astrológico para incrementar o intercâmbio entre profissionais do continente. E tudo isso sob a mesma lunação que também viu a escola de samba Vila Isabel ganhar o carnaval carioca com o enredo Soy Loco por Ti, America, patrocinado por Hugo Chávez através da PDVSA [ver nota abaixo]. Por curiosidade, o evento de Salta ocorreu sob a conjunção Sol-Netuno, enquanto o carnaval do Rio começou sob o encontro celeste de Lua e Netuno em Aquário. Fatores netunianos tendem a ser comuns em eventos latino-americanistas.

Os palestrantes argentinos Roberto Panero (de Villa Maria, Cordoba), Silvia Ceres (de Gente de Astrologia, Buenos Aires)
e Vicente Gigli.

Ao contrário do carnaval da Vila Isabel, Hugo Chávez não teve nenhuma ingerência na pauta das Jornadas de Salta. Talvez por isso apenas duas conferências abordaram explicitamente a questão continental, com os temas Latinoamerica (do próprio Mário Raskovsky, organizador do evento) e Avatares de la Republica Argentina (de Roberto Panero). Já Celisa tratou de Los Movimientos en las Progresiones Secundarias, enquanto Angela desenvolveu o tema La Aventura del Itinerario del Amoroso, el Mito de Eros y Psique. A astróloga argentina Betty Lopez, que já viveu no Brasil, trabalhou como tradutora voluntária.

O PRECURSOR DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA

Simón Bolívar, nascido em Caracas em 24 de julho de 1783 e falecido em Santa Maria, Colômbia, em 17 de dezembro de 1830, foi o artífice da independência de cinco países sul-americanos. Seu ambicioso projeto previa não apenas a libertação, mas também a integração continental. Na madrugada de 26 para 27 de fevereiro de 2006 a escola de samba Vila Isabel desfilou no Rio de Janeiro portando uma gigantesca alegoria que fazia referência a Bolívar. Não foi por acaso: o Libertador tinha em sua carta um aspecto tenso Saturno-Netuno, em ressonância com a oposição Saturno-Netuno que marca todo o ano de 2006.

Também apresentaram palestras: Betty Lopez, com El numero aureo; Juan Martinez, com La Astrologia como Camino del Alma; Silvia Ceres, com Los Disturbios en Paris o la Obscuridad de la Ciudad Luz; Vicente Gigli, com Introduccion a la Astrocartografia; e Hugo Bonito, com Rectificando con Fechas Gemelas.

Além das duas palestrantes, quatro astrólogas cariocas e um paraibano também viajaram para conhecer a Astrologia praticada no país vizinho. À esquerda, o grupo nacional na companhia de Beth López (primeira à direita) e de Raskovsky (de gravata).

A cidade de Salta é uma capital provincial no noroeste do país, em região serrana, nos contrafortes andinos. O grande vulto da história local foi o general Güemes, herói da independência argentina, cuja figura pode ser vista por toda parte, batizando ruas e monumentos. Porém, as marcas registradas da Salta moderna são a culinária, onde se destaca uma condimentada empada apropriadamente chamada de "salteña", e a tradição musical bem diversa da que tradicionalmente costumamos associar à Argentina.

Grupo de astrólogos brasileiros em visita ao monumento a Güemes. As fotos são de Mário Raskovsky.

Salta é uma espécie de Goiânia ou de Barretos além-fronteira, sendo a terra de origem de alguns dos melhores grupos de música folclórica interiorana, como Los Chalchaleros e Los Fronterizos. Enfim, um cenário bem adequado para um evento que tenta estimular a América Latina a valorizar sua própria Astrologia.

Mário Raskovsky faz um balanço do evento

El pasado 10 y 11 de Febrero, en la Ciudad de Salta "La Linda" se realizaron las 1º Jornadas Latinoamericanas de Astrología, organizadas por la Fundación Centro Astrológico de Salta, la misma fue una Convocatoria a la comunidad astrológica de Latinoamérica, con el objeto de integrar y conocer, a los Astrólogos de esta parte del mundo.

Las Jornadas fueron un Éxito como es de público conocimiento, por lo cual Agradezco la concurrencia y participación de Astrólogos tantos Argentinos como de Brasil, que permitió desarrollar las Jornadas en un marco de Camaradería y amistad, cumpliéndose con el Espíritu de la convocatoria que fue el de "Integración y Convergencia".

De las Jornadas participaron mas de 50 personas que pudieron escuchar, ver y aprender de las 9 ponencias que el programa ofrecía, temas que fueron de los mas variados teniendo los expositores libertad en su elección.

(...)

Betty López, o prefeito de Salta, Celisa, Angela Brainer e Juan Martinez.

Las Jornadas fueron DECLARADAS de INTERES MUNICIPAL por la Municipalidad de la Ciudad de Salta, y DECLARADAS de INTERES TURISTICO por la Secretaria de Turismo de la Gobernación del Gobierno de la Provincia de Salta, al Acto de Cierre de las Jornadas y entrega de Certificados a los Expositores asistió el Sr. Intendente de la Ciudad de Salta, Don Miguel A. Isa, quien además departió con los expositores y participantes a las Jornadas, marcando un HITO HISTORICO en la inserción social de la Astrología como rama especifica de la Cultura Universal.

(...)

Atentamente
Ing. Mario F. Raskovsky
Presidente Fundación Centro Astrológico de Salta

Outros artigos da Equipe de Constelar.



Atalhos de Constelar 93 - Março/2006 | Voltar à capa desta edição |

Kátia Lins - Astrologia e contemporaneidade | A singularidade do mapa e a cultura do narcisismo |
Luiz Roberto Delvaux de Matos - Astrologia e Psicanálise | O mito de Prometeu e o elemento Fogo |
Vanessa Tuleski - Prática profissional | Quanto vale uma consulta? |
Dimitri Camiloto - Ciclos planetários e questões incômodas | Plutão em Leão: onde mora o perigo |
Raul V. Martinez - Astrologia Tradicional | Graus tenebrosos e infernais em Claude Dariot | Como William Lilly aplicava a técnica |
Equipe de Constelar - Congresso em Salta | Uma ponte entre a Vila Isabel e a Argentina |
Edil Carvalho - Comportamento | Elis Regina e planetas na casa 1 |


Cadastre seu e-mail e receba em primeira mão os avisos de atualização do site!
2013, Terra do Juremá Comunicação Ltda. Direitos autorais protegidos.
Reprodução proibida sem autorização dos autores.
Constelar Home Mapas do Brasil Tambores de América Escola Astroletiva