Constelar Home
menu
Um olhar brasileiro em Astrologia
 Edição 86 :: Agosto/2005 :: -

Busca temática:

Índices por autor:

| A - B | C - D | E - F |
| G - L
| M - Q | R - Z |

Explore por edição:

1998 - 2000 | 2001 - 2002
2003 - 2004 | 2005 - 2006
2007 - 2008 | 2009 - 2010
2011 - 2013 |

País & Mundo |
Cotidiano | Opine! |
Dicas & Eventos |

PERFIL

Delúbio, o mapa do tesouro

Fernando Fernandes

Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, tem o Sol conjunto a Netuno em Libra, indicando um homem vocacionado para os esquemas sem substância. E cinco planetas estão na casa 9 - da ética e da justiça.

Nascido numa pequena cidade do interior de Goiás, filho de pais analfabetos, Delúbio Soares teve uma infância que em nada poderia lembrar sua ascensão nos últimos anos. Apesar da pouca visibilidade em comparação com outras lideranças do PT, Delúbio tinha a chave do cofre do partido e uma linha direta com o "valerioduto", o que significa dizer: muito poder.

Seus dados de nascimento, obtidos por Constelar junto ao cartório de Buriti Alegre, a cidade natal, resultam num mapa que permite compreender alguns traços do homem que, segundo os adversários, é o maior responsável pelo naufrágio do prestígio do Partido dos Trabalhadores.

Falamos em naufrágio? Pois Delúbio, em latim, significa exatamente dilúvio, ou seja, uma inundação de caráter universal da qual só escapam os poucos afortunados que conseguem lugar na arca de Noé.

Dilúvio lembra água, vastidões oceânicas. E o que vemos no mapa do ex-tesoureiro nascido às 14h do dia 16 de outubro de 1955? O Sol em Libra, na casa 9, está em conjunção com Netuno, planeta do ilimitado - e também dos grandes esquemas sem substância. Delúbio era o tesoureiro de uma fortuna volátil, feita de fumaça e névoas, cuja origem e cujo destino final estão, até o momento em que se escreve este artigo, imersos num oceano de negócios confusos e de perguntas sem resposta.

(Por falar em respostas: Delúbio tem a voz pastosa e é cheio de respostas evasivas, algo que não apenas concorda com a conjunção Sol-Netuno como também com Mercúrio retrógrado junto à cúspide da 9.)

Delúbio Soares - 16.10.1955, 14h (-03:00) - Buriti Alegre, GO.
18s09, 49w03.

A Lua em Escorpião na casa 9 forma quadratura a Urano, co-regente do Ascendente, em Leão na casa 6. É um aspecto de ousadia e de não-acomodação. Segundo diversas matérias na imprensa, Delúbio já vinha chamando a atenção há algum tempo por sua tagarelice, pelos hábitos de consumo sofisticados (como o de fumar charutos cubanos que custam R$ 200,00 a unidade), pela desenvoltura que demonstrava junto a políticos e empresários. Uranianamente, Delúbio se expunha, tomando atitudes incompatíveis com as de um trabalhador assalariado em funções de retaguarda (Urano na casa 6). Como Vênus em Escorpião faz parte da mesma configuração, também formando quadratura com Urano, explica-se que as atitudes inconvenientes do ex-tesoureiro tenham-se manifestado exatamente no sentido do luxo e dos padrões de consumo incompatíveis com os rendimentos declarados.

Mas as duas configurações que definitivamente fazem de Delúbio um personagem do momento histórico que vive o país são as que envolvem os ângulos da carta: Saturno no Meio do Céu e Júpiter-Plutão em conjunção com o Descendente, no final de Leão. Saturno no Meio do Céu é o sinal do administrador, do homem que assume a responsabilidade, do homem que carrega o fardo e se torna indispensável. Este Saturno angular fala de poder, da mesma forma como a conjunção Júpiter-Plutão fala da necessidade de testar a própria capacidade e de exercer o poder disponível. Júpiter-Plutão é um aspecto recorrente no mapa de magnatas, financistas, mecenas, tesoureiros, economistas, banqueiros, eventualmente de escroques e estelionatários. A tônica sempre gira em torno de dinheiro, poder e status.

Poucos aspectos têm tal poder de amplificação quanto Júpiter-Plutão. Júpiter é um amplificador natural, enquanto Plutão concentra e intensifica. Com ambos em Leão, signo altaneiro, não é de estranhar que as quantias com que Delúbio esteja envolvido atinjam valores astronômicos.

A observar também que os dez planetas da carta do ex-tesoureiro encontram-se no hemisfério ocidental, o lado do Descendente, o que costuma indicar indivíduos cujas melhores chances costumar ser decorrentes do senso de oportunidade e da capacidade de entender as necessidades e expectativas dos outros. Some-se a isso o fato de que o Sol de Delúbio está em Libra e temos o perfil do homem de contatos, do amortecedor de conflitos, do elo de ligação entre o dinheiro sem poder e o poder sem dinheiro.

O mais irônico, numa leitura apressada, é que metade do mapa de Delúbio esteja na casa 9, associada a valores de ética, de moral e de justiça. Sem falar do Sol em Libra e de Júpiter angular, dois indicadores suplementares de uma vida onde tais questões deveriam desempenhar papel importante. Contudo, se entendermos o mapa num sentido amplo, eis que, por vias transversas, Delúbio vem cumprindo exatamente seu roteiro de Libra-Júpiter-casa 9: foi graças à descoberta das malfadadas articulações entre o ex-tesoureiro do PT e o empresário Marcos Valério que o Brasil mergulhou num dilúvio de revelações que estarreceram a opinião pública. Depois da perplexidade inicial, certamente o país clamará por ética. E um dia, quem sabe, as trapalhadas financeiras de Delúbio serão lembradas como o involuntário fator de desencadeamento do processo de purgação que fará do Brasil um país mais limpo, mais honesto e melhor. Que Plutão nos escute.

Outros textos de Fernando Fernandes.



Atalhos de Constelar 86 - Agosto/2005 | Voltar à capa desta edição |

A descoberta do décimo planeta | Muito além de Plutão | Um planeta no ventre do monstro |
Astrogeomancia aplicada | Investigando o futuro de Lula |
Astrologia Mundial | Uma nova Grande Depressão em 2010? |
Perfil | Delúbio, o homem do tesouro |
Astrologia Tradicional | Um olhar sobre a política brasileira |


Cadastre seu e-mail e receba em primeira mão os avisos de atualização do site!
2013, Terra do Juremá Comunicação Ltda. Direitos autorais protegidos.
Reprodução proibida sem autorização dos autores.
Constelar Home Mapas do Brasil Tambores de América Escola Astroletiva