Constelar Home
menu
Um olhar brasileiro em Astrologia
 Edição 157 :: Julho/2011 :: -

Busca temática:

Índices por autor:

| A - B | C - D | E - F |
| G - L
| M - Q | R - Z |

Explore por edição:

1998 - 2000 | 2001 - 2002
2003 - 2004 | 2005 - 2006
2007 - 2008 | 2009 - 2010
2011 - 2013 |

País & Mundo |
Cotidiano | Opine! |
Dicas & Eventos |

ASTROSSISMOLOGIA

O terremoto de Áquila

Raul V. Martinez

Segundo Raul V. Martinez, a "chave secreta" para previsões bem sucedidas utilizada por William Lilly no século XVII baseava-se na correlação entre ingressos de planetas em signos e Arcanos Maiores do Tarô. Em mais um teste da metodologia, Raul aplica-a na interpretação do terremoto que assolou a cidade histórica italiana de Áquila, em 2009.

Terremoto em Áquila

O terremoto que atingiu a região de Áquila, cidade medieval da Itália, às 3h32, de 6 de abril de 2009, com intensidade de 6,3 graus na Escala Richter, causou mais de duzentas mortes, milhares de feridos, desabrigados e grande destruição, inclusive do patrimônio histórico e cultural da cidade. O tremor foi sentido em Roma, que fica a 95 quilômetros de distância.

Áquila, Itália, Fortaleza

Áquila era das mais preservadas cidades medievais italianas. A fortaleza Rocca Calascio serviu de fortaleza para dois sucessos do cinema, O Feitiço de Áquila e O Nome da Rosa.

Da Internet:

Autoridades ignoraram alerta de terremoto na Itália

Giampaolo Giuliani, técnico do Laboratório Nacional de Física e Astrofísica Gran Sasso, que mora em Áquila, revelou que havia alertado as autoridades locais, há algumas semanas, sobre a possibilidade de um terremoto "desastroso" em Abruzzo, região onde se encontra Áquila.

Segundo ele, o Instituto Italiano de Geofísica registrou cerca de 200 abalos sísmicos em Áquila nos últimos dois meses. No final de março, Giuliani disse às autoridades que a série de tremores registrados poderia ser o anúncio de um evento mais forte. Mas o técnico conta que foi acusado de "brincar com assuntos sérios" e que foi denunciado à polícia pela Prefeitura de Áquila por alarmar a população.

Entretanto, o diretor do Departamento de Proteção Civil do governo italiano, Guido Bertolaso, declarou que embora a região seja sujeita a abalos sísmicos, não era possível prever o grave terremoto desta madrugada. Segundo Bertolaso, na semana passada, os principais especialistas em terremotos da Itália haviam se reunido em Áquila por causa dos contínuos tremores, mas concluíram que não era possível prever o ocorrido nesta segunda-feira.

O Laboratório Nacional usa um sistema de análise chamado "Revelador Gama". O método se baseia na observação da emissão de gás radon do terreno. Segundo Giuliano, há dez anos, o instituto consegue prever eventos como o que atingiu a região do Abruzzo através deste tipo de estudo. "Há três dias, estávamos vendo um forte aumento do radon, o que indica fortes terremotos", explicou o técnico ao jornal Corriere della Sera.

Astrossismologia

Princípios admitidos(*): os fenômenos sismológicos que ocorrem em determinada região geográfica se correlacionam com os Ingressos de Marte e da Lua em Capricórnio (calculados para essa região) e com os Arcanos Maiores 16 e 18. Isso, porque Marte e o Arcano 16 permitem associações com forças destrutivas, a Lua e o Arcano 18 permitem associações com movimentos da superfície terrestre, e por ser Capricórnio o signo Cardeal de Terra, regido por Saturno – planeta associado a rochas, placas tectônicas, restrições e sofrimentos.

- Como foi feito em estudos anteriores, são consideradas as profecções na carta de ingresso de Marte em Capricórnio, ligadas ao Arcano 16, e as profecções na carta de ingresso da Lua em Capricórnio, ligadas ao Arcano 18. Também são considerados trânsitos, principalmente sobre as posições da carta de ingresso de Marte. Cartas, todas, com domificação Regiomontanus.

 (*) Testes de validade destes princípios, já realizados, já foram publicados em outros números de Constelar.

Ingresso de Marte em Capricórnio 

O ingresso de Marte em Capricórnio, imediatamente anterior ao terremoto, se deu às 09:30:23 (+2:00) do dia 27.12.2008, em Áquila (fig.01).

Ingresso de Marte em Capricórnio 2008

Fig. 01 - Ingresso de Marte em Capricórnio - Áquila, 27.12.2008

Essa figura, com Marte, Plutão, Lua, Sol, Ascendente, Mercúrio e Júpiter, todos em Capricórnio, com Saturno (regente de Capricórnio) na casa 8, é altamente concordante com a possibilidade de terremoto que leve a mortes e a destruição na região. Vênus e Netuno também estão em signo co-regido por Saturno. Atenuando em parte o que aconteceu (que tudo indica que poderia ter sido pior, com número maior de mortes), Saturno e Mercúrio (regente da casa 8) estão em trígono e em recepção mútua.

Indicando a possibilidade de algo repentino e destruidor, Saturno está em oposição a Urano.

Entre a data do ingresso e a data do terremoto transcorreu 100 dias. Intervalo de tempo que fornece o arco de profecção ligado ao Arcano 16: 100 x 16’ = 1600’ = 26º40’.

Plutão (transformação, destruição, morte), regente do Meio do Céu, planeta que está na casa 12 (sofrimentos), junto de Marte (regente da casa 3, deslocamentos), junto dos Luminares (Lua e Sol), mais 26º40’, passa para 27º45’ de Capricórnio, sobre Júpiter – concordando com alguma coisa muito grande, física (casa 1). Sendo Júpiter o regente natural da casa 9, das Forças Superiores, inclusive das Forças da Natureza. Logo em seguida é a vez de Marte (regente da casa 3, dos deslocamentos) dirigido ficar sobre Júpiter – concordando com os novos tremores que já aconteceram. Em termos futuros, merece atenção as direções dos astros e Ascendente em Capricórnio, quando estiverem, cada um deles, em conjunção com Urano e em oposição a Saturno.

Vênus (regente da casa 9), junto de Netuno (o engano dos ‘especialistas’ em terremotos), mais esse arco, vai para 18º44’ de Peixes, junto de Urano (repentino).

Saturno, mais 26º40’, vai para 18º25’ de Libra, ficando em quadratura com o Ascendente.

Trânsitos (fig.02) – Quando ocorreu o terremoto, o Ascendente estava sobre Júpiter da figura do ingresso; Plutão transitava sobre a Lua do ingresso; e a Lua estava sobre a cúspide da casa 8 do ingresso.

Terremoto de Áquila, 2009

Fig. 02 - Terremoto de Áquila - 6.4.2009, 03h32 (+02:00)
L'Áquila, Itália - 013e22, 42n22

Ingresso da Lua em Capricórnio 

O ingresso da Lua em Capricórnio, imediatamente anterior ao terremoto, se deu às 23:18:38 (+2:00) do dia 18.03.2009, em Áquila (fig.03), com a Lua regendo a casa 9, em conjunção com Plutão, agora regente do Ascendente. Saturno, regendo a casa 3 (movimento), está retrógrado na casa 10, em oposição a Mercúrio em detrimento, regente da casa 8.

Ingresso da Lua em Capricórnio

Fig. 03 - Ingresso da Lua em Capricórnio em 18.03.2009

Entre a data do ingresso e a data do terremoto transcorreu, aproximadamente, 18 dias, 4 horas e 13 minutos; ou 18 x 24 + 4,22 = 436,22 horas. Intervalo de tempo que fornece o arco de profecção ligado ao Arcano 18: 436,22 x 18’ = 7851’,96 = 130º52’.

Mercúrio, regente da casa 8, mais esse arco, vai para 27º56’ de Câncer, na casa 9, em trígono com o Sol do ingresso, regente do Meio do Céu. O Ascendente, mais esse arco, vai para 27º04’ de Peixes, junto do Sol do ingresso. E a cúspide da casa 8, mais esse arco, passa para 23º05’ de Libra, sobre a cúspide da casa 12.

Trânsitos – Quando aconteceu o terremoto, a Lua transitava em quadratura com Marte do ingresso.

No conjunto, se consta (novamente) a validade dos princípios astrossismológicos considerados e a possibilidade de utilizá-los na previsão de terremotos. Previsão que pode ser feita sem instrumentos específicos e medições no terreno, e com maior antecedência.

Outros artigos de Raul V. Martinez.

Comente este artigo |Leia comentários de outros leitores



Atalhos de Constelar | Voltar à capa desta edição |

Ana Maria González - Música e ciclos de planetas lentos | Beethoven e a Nona Sinfonia |
Raul V. Martinez - Astrossismologia | O Terremoto de Áquila |

Edições anteriores

Alexey Dodsworth - O amanhecer mais frio | O verdadeiro mapa de Osama Bin Laden |
Fernando Fernandes - Comportamento | Netuno em Peixes e A Banda Mais Bonita da Cidade |
Fernando Fernandes - Etelvina, acertei no milhar! | A incrível história do jogo do bicho |



Cadastre seu e-mail e receba em primeira mão os avisos de atualização do site!
2013, Terra do Juremá Comunicação Ltda. Direitos autorais protegidos.
Reprodução proibida sem autorização dos autores.
Constelar Home Mapas do Brasil Tambores de América Escola Astroletiva