Constelar Home
menu Constelar - Última edição Mapas do Brasil e-Livros Astroletiva
Um olhar brasileiro em Astrologia
 Edição 124 :: Outubro/2008 :: -

Busca temática:

Índices por autor:

| A - B | C - D | E - F |
| G - L
| M - Q | R - Z |

Explore por edição:

1998 - 2000 | 2001 - 2002
2003 - 2004 | 2005 - 2006
2007 - 2008 | 2009 - 2010
2011 - 2013 |

País & Mundo |
Cotidiano | Opine! |
Dicas & Eventos |

COMPREENDENDO OS NODOS LUNARES

O Dragão que devora o Sol e a Lua

Raul V. Martinez

O significado astronômico e simbólico dos nodos lunares e sua função como sustentáculo da carta astrológica: veja como funciona em diversos mapas.

Dragão dos Nodos Lunares

Imagem de um disco móvel que fornece as regras para predizer os eclipses do Sol e da Lua. Um dos discos contém um dragão de múltiplas cabeças e um eclipse parcial do Sol. Extraído de Astronomicum caesareum, de Petrus Apianus. Ingolstad, 1540. Editor: Observatório de Paris. Do acervo da BNF – Gallica, Bibliothèque Nationale de France.

Uma narrativa judaica antiga diz que o mundo pende (‘telis’) de uma das nadadeiras do Leviatã, ou Drago, a constelação do Dragão do hemisfério norte, próxima do pólo. Drago ou Draconis, no genitivo, forma comumente usada em nomes de constelações. ‘Telis’, origem da palavra ‘telúrico’, nessa narrativa, significa ‘pender’ ou ‘pendurar’. Essa tradição também fala de outro Dragão, a linha dos Nodos Lunares, considerando-o a expressão máxima da energia telúrica.

- hoje, 'aspecto télico', em português, é indicador de processo que evolui até certo ponto, além do qual não poderá ter prosseguimento – algo semelhante ao que ocorre com os eclipses.

- nos Eclipses Solares, a conjunção Sol-Lua deve ocorrer até uma distância da ordem de 18º31' de um dos Nodos. Nos Eclipses Lunares, a oposição entre o Sol e a Lua deve ocorrer até uma distância da ordem de 12º15' dos Nodos.  

- na China, até recentemente, durante os eclipses lunares (que podem ser observados com mais facilidade que os solares), as pessoas faziam barulho, batendo em latas e panelas, para afugentar o Dragão que estava comendo a Lua.

AbulafiaPara Rabi Abraham Abulafia (1240-1296), um dos grandes proponentes da Cabala Meditativa, a palavra 'teli' significa a linha dos Nodos Lunares, o Dragão da astrologia. Sendo essa linha 'o Eixo Sustentáculo do Céu'; com a Cabeça significando 'Mérito' e a Cauda 'Responsabilidade'. No mapa astrológico, Abulafia considera que a Cabeça (o Nodo Norte) indica a direção que o nativo deve seguir para o desenvolvimento de seus potenciais de harmonia e de favorecimento para evolução do Universo, e que a Cauda (o Nodo Sul) indica o lado mais material e inconsciente, que precisa ser conduzido com paciência e trabalho.

- possivelmente, por considerá-lo 'o eixo sustentáculo do céu', em torno do qual tudo gira, são pouco aceitos os trânsitos e as direções do Dragão, mas são admitidos os aspectos que recebe no movimento do restante da carta, planetas e cúspides.

Dragão, ser extraordinário, capaz de 'devorar'
o Sol ou a Lua em seus eclipses

Admitindo que a 'ingestão' do Sol ou da Lua nos eclipses é feita pela ‘boca’ do Dragão, independentemente das relações posicionais dos Luminares com os Nodos, essa ação de comer, por sua natureza, está vinculada a Touro e a seus regentes. Assim, à Cabeça do Dragão, onde está a boca, são atribuídas qualidades próprias de Touro, de Vênus (a pequena fortuna) e de Éris (conservação). Essas qualidades de acréscimo, atribuídas à Cabeça, também são ligadas a Júpiter.

Como conseqüência da 'ingestão', a 'eliminação' dos resíduos se dá por órgão próximo à cauda, ou na cauda. Ação associada a Escorpião e a seus regentes. Por isso, à Cauda do Dragão são atribuídas qualidades próprias de Escorpião, de Marte (o pequeno maléfico) e de Plutão (transformação). Ou seja, são atribuídas à Cauda qualidades de perda, que também são associadas a Saturno.

Mas, como tudo em Astrologia, os significados do Dragão, além do componente eclipsante, dependem das casas, signos e graus ocupados pela Cabeça e pela Cauda, assim como dependem das posições dos regentes envolvidos, e de eventuais conjunções recebidas pelos Nodos, estas consideradas com orbe da ordem de 3º (ou quadraturas, com orbes da ordem de 1º).

Brihat Parashara Hora Shatra- os Nodos, chamados de Rahu e Ketu no Brihat Parashara Hora Shatra, bíblia da astrologia Hindu, são reconhecidos como planetas, junto com os 7 planetas clássicos; são considerados planetas sombrios.

- Dom Neroman considera o Dragão a "Antena Ativa" do sistema fundamental Sol–Terra-Lua, e Lilith a "Antena Passiva".

- Os Nodos Lunares também lembram o Princípio da Polaridade do Taoísmo, que diz que o Universo é composto por componentes opostos, ou complementares.

Verificações

Seguem-se algumas verificações de concordâncias, considerando o Dragão como
‘o eixo sustentáculo da carta astrológica’.

- (sistema de domificação Regiomontanus)

Grito do Ipiranga

Brasil, Independência – 7 de setembro de 1822, 16:30 LMT, 23º34’44” S, 046º36’37” W.

A Cabeça, a 15º48' de Aquário, está em conjunção com Éris, e a Cauda está em conjunção com Vênus. Touro, regido por Vênus e por Éris, está na casa 4 – da base, do solo, do povo; casa onde estão a Lua e Júpiter. A Cabeça, por onde o Dragão se alimenta, na casa 12, em Aquário, pode ser associada ao oculto, às riquezas do subsolo, e também às fraudes e ao misticismo. Urano, regente de Aquário, está junto de Netuno na casa 11 – dos projetos, dos amigos e do dinheiro público (como casa 2 da décima).

A Cauda na casa 6, em Leão, pode ser associada aos problemas de saúde pública e aos mais humildes. O Sol, regente de Leão, está em Virgem, na casa 7 – os importantes (Sol) inimigos e 'sócios' da nação.

EUA - Independência

USA, Independência – 4 de julho de 1776, 17:10 LMT, 39º57’N, 075º10’W.

O ‘eixo sustentáculo’ dessa carta está entre as casas 8 (transformações, mortes, pesquisas) e 2 (poderio econômico), casa onde está Plutão (morte, poder nuclear). A Cabeça, a 06º36’ de Leão, está na casa 8. O Sol, seu dispositor, também está nessa casa – onde também estão Mercúrio (regente da casa 7 e de Virgem, interceptado na nona). A Cauda, por sua vez, está em Aquário. O regente, Urano, por estar na cúspide da casa 7, reforça o envolvimento de significados dessa casa dos associados e dos inimigos declarados.

Ataque ao WTC - 11 de setembro

USA, ataque ao WTC (carta de nascimento do terrorismo internacional)
11 de setembro de 2001, 08:46:26, +4:00, 40º42’51” N, 074º00’23” W

O ‘sustentáculo’ dessa carta está entre as casa 9 (estrangeiro, religioso) e casa 3 (meios de comunicação). A Cabeça está na casa 9, em Câncer, com a cúspide em Gêmeos (Ar, as Torres) - onde também estão Saturno e a Lua, regentes das casas 4 e 10 – do início e fim, e da repercussão. Mercúrio, regente de Gêmeos, está no Asc (algo físico, que vem do estrangeiro).

A Cauda, em Capricórnio, está em conjunção com Marte, regente da casa 7; Saturno, regente de Capricórnio, como foi visto, está na casa 9.

Lula Posse 1º mandato

Lula, posse - 1º mandato – 1º de janeiro de 2003, 15:08:22, +2:00, 15º47’ S, 047º55’ W.

O ‘sustentáculo’, o Dragão, está junto das cúspides das casas 2 e 8. A Cabeça, está em Gêmeos na casa 2. Nessa casa e signo também está Saturno, regente da casa 9 (política). Mercúrio, regente de Gêmeos, é outro astro dessa casa. A Cauda está em Sagitário, na casa 8; onde também estão a Lua (regente da casa 3, dos meios de comunicação) e Plutão (regente da casa 7, dos sócios e inimigos declarados da nação). Júpiter, regente de Sagitário, está na casa 4 – permitindo associações com ‘mensalão’ e programas tipo bolsa-família.

Lula - Posse 2º mandato, 2007

Lula, posse - 2º mandato – 1º de janeiro de 2007, 16:20:35, +2:00, 15º47’S, 047º55’W.

Agora o Dragão está com a Cabeça na casa 10, do poder, em Peixes. No mesmo signo e casa está Urano, regente da casa 10. Netuno, regente de Peixes, está na casa 9, da política, do internacional. O Dragão está em quadratura fechada com a Lua, regente da casa 3, próxima à cúspide da casa 2.

A Cauda, em Virgem, com o regente Mercúrio combusto na casa 8, é outra configuração não animadora.

George W Bush

George Walker Bush – 6 de julho de 1946, 7:26, +4:00, 41º18’29”N, 072º55’43”W.

A Cabeça está na casa 11, dos amigos e dos projetos. Em Gêmeos, em conjunção fechada com Urano, regente das casas 7 e 8. Mercúrio, regente de Gêmeos, está sobre o Asc, junto de Plutão.

A Cauda, em Sagitário, com Júpiter, regente desse signo, junto da Lua, na cúspide da casa 4, do fim. Sendo a Lua a regente da casa 12.

Outros artigos de Raul V. Martinez.

Comente este artigo |Leia comentários de outros leitores



Atalhos de Constelar | Voltar à capa desta edição |

Daniel Nunes et alii - Plutão na compreensão da Morte | Introdução e Mitologia |
| Erisquigal e Plutão na Astrologia | O plutoniano e a tanatologia |
Raul V. Martinez - Compreendendo os nodos lunares | O Dragão que devora o Sol e a Lua |
Ana González - Prelo - Crítica de Livros | Segredos do Céu, de David Berlinski |

Edições anteriores:

Divani Terçarolli - A Astrologia como caminho espiritual | Os signos fixos, a esfinge e os mitos do apego |
| Escorpião: o mito de Hércules e a Hidra de Lerna | Aquário: o mito de Prometeu |
Alexey Dodsworth - Dorival Caymmi | É doce morrer no mar |
Valdenir Benedetti - Astrologia do Presente | Introdução |
| Sobre a utilidade dos guarda-chuvas | Os níveis de abordagem do símbolo |


Cadastre seu e-mail e receba em primeira mão os avisos de atualização do site!
2013, Terra do Juremá Comunicação Ltda. Direitos autorais protegidos.
Reprodução proibida sem autorização dos autores.